Subscreve para receber atualizações do site:

  • Branco Twitter Ícone
  • Branca ícone do YouTube

Mastectomia

Mastectomia é uma categoria de cirurgias com o objetivo de remover o tecido mamário e, no caso dos homens trans e pessoas transmasculinas, criar a aparência de um peito "masculino". Normalmente, uma mastectomia faz-se após estar algum tempo a fazer terapia hormonal, embora seja possível faze-la sem ainda ter iniciado a terapia. Dependendo do cirurgião, pode ou não ser necessária autorização da Ordem dos Médicos para fazer esta cirurgia. 


Existem várias técnicas diferentes, com vários resultados diferentes. Normalmente a técnica depende do tamanho inicial das mamas e da elasticidade da pele. Quando o tamanho inicial é grande, a técnica usada costuma ser a chamada "mastectomia com dupla incisão"; quando é mais pequeno, pode ser feita uma mastectomia periaureolar ou pela técnica "keyhole" ("fechadura"). Independentemente do tipo de técnica, a recuperação pós-cirurgica costuma exigir que a pessoa não faça esforços físicos durante 6-8 semanas, e que permaneça de baixa durante, pelo menos, uma semana. Geralmente, é necessário usar vestuário de compressão (binders) durante algumas semanas pós-op, e o peito demora bastante tempo (6 - 12 meses) a recuperar totalmente a sensação.

Tipos de cirurgias:

Técnica "keyhole"


Esta técnica está disponível para quem tem um volume muito pequeno de mama. Durante esta cirurgia, é feita uma incisão ao longo da parte de baixo da auréola e o tecido mamário é removido a partir dessa incisão. A grande vantagem desta técnica é o facto de deixar uma cicatriz muito pequena e quase invisível, e de preservar a sensação nos mamilos. No entanto, os mamilos não são redimensionados, o que pode ser um problema para quem os quiser mais pequenos.

Imagem: Trans Media Network. "FTM Top Surgery Procedures". Disponível no endereço: https://www.topsurgery.net/procedures/

Técnica Peri-aureolar


Esta técnica está disponível para quem tem um volume pequeno de mama e tem pele com boa elasticidade. Durante esta cirurgia é feita uma incisão ao longo da auréola toda, e depois é feita outra incisão maior, circular e concêntrica com a primeira. Desta forma é possível retirar uma espécie de "dónut" de pele, retira-se o tecido mamário, e depois a pele é cozida à volta da auréola. Esta técnica tem a vantagem de deixar uma cicatriz quase invisível à volta das auréolas e de preservar a sensação nos mamilos.

Imagem: Trans Media Network. "FTM Top Surgery Procedures". Disponível no endereço: https://www.topsurgery.net/procedures/

Técnica da dupla incisão


Esta técnica está disponível para a maior parte das pessoas, independentemente do tamanho inicial. Durante esta cirurgia, são feitas duas incisões ao longo do peito, no topo e no fundo do músculo peitoral, o tecido mamário é removido, e depois a pele é cozida, deixando duas cicatrizes ao longo do peito. Os mamilos, geralmente, são removidos, cortados para terem o tamanho desejado, e cozidos em cima da pele do peito. Esta cirurgia tem as desvantagens de deixar duas cicatrizes grandes no peito e de diminuir a sensação nos mamilos.

Alguns cirurgiões tentam preservar a sensação nos mamilos com uma técnica modificada:
Dupla incisão "buttonhole": neste caso, após a remoção do tecido mamário, é feita uma incisão circular na pele do peito, através da qual o mamilo (que não foi removido) pode ser colocado (como se tratasse de um botão numa camisa). 
Dupla incisão com T-invertido: é feita uma incisão extra, vertical, desde o fundo do músculo do peitoral até ao mamilo. Esta incisão permite ao cirurgião posicionar o mamilo sem ter de o remover. Tem a desvantagem de adicionar uma cicatriz extra em cada lado do peito.

Imagem: Trans Media Network. "FTM Top Surgery Procedures". Disponível no endereço: https://www.topsurgery.net/procedures/

Mais informação:

Masculinizing Chest Reconstruction ("Top Surgery") - University of California, Transgender Care

FTM Top Surgery Procedures - FTM Surgery Network

FTM Top Surgery and Sensation - FTM Surgery Network

The Ultimate FTM Top Surgery FAQ - FTM Surgery Network

The complete guide to surgery scar care - Trans Guys